A Censura Militar no Arquipélago dos Açores durante a 2. Grande Guerra * Parte IV Versão para impressão
Escrito por Joaquim Sousa Lobo   
Quarta, 07 Outubro 2009 11:25

 

A Censura Militar no Arquipélago dos Açores durante a 2ª Grande Guerra

Parte IV

ILHA DA GRACIOSA   *   ILHA DE SÃO JORGE   *   ILHA DE SANTA MARIA

                                                                                                                                                
                                                                                                                                                Sousa Lobo
                                                                                                                                                     Joaquim Sousa Lobo
                                                                                                                                              desenhos de Eduardo Silva

 

 

Como não possuo qualquer referência ao estabelecimento e implementação dos Serviços de Censura Militar nestas Ilhas, nem lhe tendo o Relatório dos Serviços feito qualquer alusão, as peças que conservo demonstram que ela foi, efectivamente exercida e, portanto, terem havido Delegações desses serviços nas referidas Ilhas.

Têm a particularidade de serem marcas de censura à correspondência civil, não sendo do meu conhecimento qualquer censura sobre correspondências militares, pelo que presumo não ter havido forças militares para defesa das ilhas indicadas no título, uma vez que o Conceito Militar de Defesa do arquipélago só contemplava a defesa de três ilhas – São Miguel, Terceira e Faial.

Passo a reproduzir as marcas que possuo, com as indicações que julgo importantes.

 

ILHA DA GRACIOSA

 

CARIMBOS DE CENSURA

f11
Fig. 1 – Graciosa tipo 1 – (batido a preto) * Dimensões: 62mm x 28mm
 
fi2
Fig. 2 - Graciosa tipo 2 – (batido a preto) * Dimensões: 56mm x 27mm
 
fi3
Fig. 3 – Graciosa tipo 3 – (batido a preto) * Dimensões: 61mm x 6,5mm
 
fi04
Fig. 4 – Graciosa tipo 4 – (batido a azul) * Dimensões: 26mm x 21mm

 

ILHA DE SÃO JORGE

CINTAS

fi05
Fig. 5 - Cinta para fecho de correspondência – Tipo São Jorge I * Papel fino bistre com carimbo em sobrecarga batido a preto
 
fi06
Fig. 6 - Cinta para fecho de correspondência – Tipo São Jorge 2 * Papel fino branco com carimbo em sobrecarga batido a preto

 

CARIMBOS DE CENSURA


C. M. T. - Comando Militar da Terceira

S. C. M. - Serviço de Censura Militar

fi07
Fig. 7 – São Jorge – tipo 1 – (batido a azul) * Dimensões: 27mm x 21,5mm
 
fi08
Fig. 8 – São Jorge – tipo 2 – (batido a preto) * Dimensões: 38mm x 15mm
 
fi09
Fig. 9 - I.P. remetido de Velas (03.12.1943) para Lisboa com Marcas de Censura.

 

A fechar este nosso apontamento de hoje, passarei a considerar a Ilha de Santa Maria que, conjuntamente com a Ilha de São Miguel, constituem o grupo oriental do Arquipélago dos Açores e integram a totalidade das freguesias do Distrito de Ponta Delgada.

 

ILHA DE SANTA MARIA

 

CINTAS

fi10
Fig. 10 - Tipo Santa Maria 1- batida a vermelho, dimensões: 43mm x 8mm
 
fi11
Fig. 11 - Cinta para fecho de correspondência de Lisboa, bistre, com timbre a vermelho e sobrecarga SANTA MARIA,
também batida a vermelho.
 
f12
Fig. 12 - Tipo Santa Maria 2 batida a preto, dimensões: 43mm x 8mm
 
fi13
Fig. 13 - Cinta para fecho de correspondência de Lisboa, bistre, com timbre a vermelho e sobrecarga
SANTA MARIA batida a preto.

 

CARIMBOS DE CENSURA

f14
Fig. 14 – Santa Maria – tipo 1 – (batido a vermelho) * Dimensões: 43mm x 15mm
 
fi15
Fig. 15 - Carta enviada de V. do Porto (06.06.45), apresentando Marca de Censura Tipo 1.
 
fi16
Fig. 16 – Santa Maria – tipo 2 – (batido a preto) * Dimensões: 37mm x 12mm
 
fi17
Fig. 17 - I.P. remetido de S. Maria (12.11.43). Marca de Censura, Tipo 2, no canto superior esquerdo
 
 
 
 
 
Actualizado em Quarta, 07 Outubro 2009 12:09